Alexandre Baldy é classificado entre os ‘100 Cabeças do Congresso’

Em seu primeiro mandato, o deputado federal Alexandre Baldy (GO) estreou na conhecida e respeitada lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) como um dos parlamentares mais importantes e influentes do Congresso. O Diap realiza a escolha com base na atuação dos 513 deputados e 81 senadores. A lista elenca os 100 parlamentares que fazem parte do processo decisório do Poder Legislativo. Os ‘Cabeças’ do Congresso Nacional são, na definição do Diap, aqueles parlamentares que conseguem se diferenciar dos demais pelo exercício de todas ou algumas das qualidades e habilidades.
Alexandre Baldy foi classificado como Formulador, que segundo o departamento são os parlamentares que se dedicam à elaboração de textos com propostas para deliberação. “São, certamente, os parlamentares mais produtivos, embora tenham menos visibilidade que os debatedores. O saber, a qualidade intelectual e a especialização, embora não sejam exclusivos, são atributos indispensáveis aos formuladores. O debate, a dinâmica e a agenda do Congresso são fornecidos basicamente pelos formuladores, que dão forma às ideias e interesses que circulam no Congresso. A produção legislativa, com raras exceções, é fruto do trabalho desses parlamentares. Enfim, são eles que concebem e escrevem o que o Poder Legislativo debate e delibera”, diz o documento.
Baldy afirma estar muito feliz com o reconhecimento e reforça que continuará trabalhando e se dedicando para exercer a função que foi lhe confiada pela população de Goiás. “O reconhecimento é muito importante para saber que estamos trabalhando rumo ao caminho certo. Atuo todos os dias para que a população de Goiás e do Brasil tenha leis justas, menos burocráticas e mais qualidade de vida. Não preciso da política, estou há poucos anos no meio e vou continuar até o dia que me identificar um agente capaz de melhorar a vida das pessoas”, concluiu.