Alvaro Dias anuncia isenção de Imposto de Renda a quem ganha até R$ 5 mil

O presidencial Alvaro Dias (Podemos) anunciou hoje (23) que isentará da cobrança de Imposto de Renda que ganham até R$ 5 mil. A declaração foi feita durante sua visita a Osasco, onde caminhou pelo calçadão da cidade ao lado da deputada federal Renata Abreu, presidente nacional do Podemos e candidata à reeleição, do prefeito de Itapevi, Igor Soares, vereadores e candidatos do partido da região. A caminhada durou 1h30. Como Osasco é conhecida como a  ‘a capital do cachorro-quente’,  o candidato e seus acompanhantes deram uma parada para saborear o lanche.
Sobre a isenção do IR , Alvaro Dias comentou: “Logo no início do governo, nós vamos decretar que o trabalhador que ganha até R$ 5 mil por mês não pagará mais imposto de renda. Para consumir mais, para poder ir à loja e comprar, para poder viver melhor”, destacou o presidenciável.”
Segundo Alvaro Dias, a medida resultará em um aumento na arrecadação de impostos. “O governo vai arrecadar mais porque esse dinheiro no consumo vai gerar outros impostos. Vamos tributar mais na renda do que no consumo. O consumo atinge o pobre, o trabalhador, e preço dos produtos aumenta porque o tributo é muito alto. Você vai no posto de gasolina e 45% do custo do combustível é imposto. Quem pode mais, vai pagar mais. Quem pode menos, vai pagar menos. Este é o Brasil que queremos”, discursou.
Política de estado

Alvaro Dias (Podemos) revelou também que pretende fazer da operação Lava Jato uma “política de estado”. “Será uma política permanente, uma espécie de tropa de elite no combate à corrupção, com valorização da Polícia Federal, autonomia com recursos suficientes para as operações com liberdade, sem interferência da política, dos políticos ou do próprio governo.

O candidato do Podemos voltou a reafirmar que irá reduzir para 14 o número de ministérios. “Vamos reduzir significativamente, é um absurdo o que temos, não há país no mundo que se desenvolva com mais de 22 ministérios.”
Creches
Anunciou ainda que seu governo abrirá 4 milhões de vagas em creches. “As mães poderão exercer sua atividade profissional de forma mais tranquila, sabendo que o seu filho está sendo bem cuidado em uma creche.” Outra medida será a criação do cheque-creche. “A mãe poderá escolher se quer colocar o filho em uma creche pública ou em uma creche privada”, explicou o presidenciável.
Regularização de imóvel
Alvaro Dias lembrou que o seu governo regularizará 5 milhões de títulos de propriedade. No evento, ressaltou que a proprietária será a mulher. “Nós vamos priorizar a mulher, a dona de casa, a chefe do lar. Ela será a proprietária do imóvel”, pontuou o candidato. “Atualmente, a casa não lhes pertence. A qualquer momento há brasileiros que podem ser despejados. Nós vamos oferecer a legalização de sua casa, o documento de registro do imóvel, seja na favela, no loteamento ou na área rural”, prometeu.
Criação de empregos
O candidato do Podemos ressaltou ainda que seu governo criará mais de 10 milhões de empregos em quatro anos. “Aqueles que prometem gerar empregos sem mudar o sistema estão mentindo. Nós vamos mudar o sistema e criar mais de 10 milhões de empregos. A economia vai crescer, os investimentos voltarão. Os empresários terão segurança jurídica para investir mais. Com a Operação Lava Jato, que vamos instituir como política de Estado, vamos mostrar ao mundo que o Brasil voltou a ser sério. E os recursos e investimentos que foram embora do país, voltarão”, concluiu.