Alvaro Dias sugere à Caixa Econômica limitar prêmios acumulados da Mega-Sena

O Líder do Podemos, senador Alvaro Dias, encaminhou ofício ao presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Duarte Guimarães, para sugerir um novo modelo de regras para disciplinar a distribuição de prêmios aos apostadores da Mega-Sena.

No ofício, o senador diz considerar que seria “viável e socialmente interessante a fixação de um teto de 10 concursos acumulados da Mega-Sena”.

Com o limite, o prêmio do sorteio subsequente, caso não houvesse ganhador dos 6 números sorteados, deveria ser rateado entre aqueles que acertaram 5 dezenas e, assim, sucessivamente. “O novo modelo de regras beneficiaria um número mais amplo de apostadores, promovendo um leque maior de distribuição de renda”, disse Alvaro Dias ao presidente da CEF.

(foto: Thati Martins)