CDU aprova audiência para debater uso de bicicletas e patinetes elétricos em cidades brasileiras

A Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (22), requerimento do deputado José Medeiros (Pode-MT) para debater o impacto e as consequências do uso de bicicletas e patinetes elétricos no país. A nova modalidade de transporte tem ganhado cada vez mais adeptos nas ruas das cidades brasileiras.

Autor do requerimento, o deputado José Medeiros diz que o tema merece a atenção do Parlamento, já que muitos gestores têm dúvidas sobre como lidar com essa “nova realidade”.

“É algo novo. Diversas cidades brasileiras estão aderindo ao uso compartilhado desse modal de transporte. Todavia, a falta de estudos e dados sobre o impacto desse meio na micromobilidade urbana têm gerado grande preocupação no setor público. Por isso, precisamos debater as melhores formas de uso desse novo mecanismo de locomoção, ouvindo especialistas”, defende.

Foram convidados para realização da audiência pública representantes da Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos do Ministério do Desenvolvimento Regional, membros da empresa Yellow Soluções de Mobilidade e a entidade Mobilize Brasil – Mobilidade Urbana Sustentável.

No Brasil, os patinetes elétricos e as bicicletas alugadas por aplicativos estão disponíveis em São Paulo, Rio de Janeiro, Florianópolis, Goiânia, Curitiba, Recife, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Vitória. A capital paulista foi a primeira cidade a criar uma lei estabelecendo regras mínimas para o uso dessa nova modalidade de transporte.

Segundo regra do Conselho Nacional de Trânsito, esses equipamentos não podem ultrapassar 20 km/h em ciclovias e 6 km/h nas calçadas.