Coronavírus: José Medeiros quer antecipação da restituição do imposto de renda para brasileiros

O deputado federal José Medeiros (MT) defende que o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, autorizem a antecipação da restituição do imposto de renda, como medida de enfrentamento ao novo coronavírus no país. Conforme o parlamentar, a liberação dos valores vai socorrer 32 milhões de brasileiros durante a pandemia.

“Vai ajudar a minimizar esse calendário de vacas magras. Precisamos ser criativos e agir, dentro do possível, antes que os problemas nos cheguem com maior força”, observa o parlamentar.

Em janeiro de 2020, a Receita Federal já tinha divulgado uma antecipação das devoluções do imposto de renda para o mês de maio. Mas, por se tratar de uma situação atípica, o parlamentar recomendou nova avaliação sobre esse prazo.

Segundo regras da Receita Federal, idosos e pessoas com doenças crônicas, que são considerados como grupo de risco de contaminação novo vírus, podem ser os primeiros beneficiados com a restituição.

O parlamentar justifica o pedido como a necessidade de diminuir os impactos causados pelo coronavírus como a perda de emprego e a recessão econômica.

“Temos no horizonte duas crises, uma em nossos hospitais e outra que ameaça nossas empresas e a economia de uma maneira geral. Com o desemprego e a desaceleração, teremos uma natural redução do dinheiro circulante e por isso será muito importante ações como a antecipação da restituição. Não podemos deixar a engrenagem econômica emperrar”, avalia o parlamentar.

Até domingo (29), a Receita Federal já recebeu mais de 8 milhões de declarações. O prazo de entrega vai até o dia 30 de abril.