Deputada Jozi Araújo (AP) comemora emenda  de R$ 5,3 mi que vai gerar emprego e renda

A mudança começa agora. Após anunciar que a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) terá uma extensão no Amapá, por meio de emenda de R$ 5,3 milhões, a deputada Jozi Araújo (AP) já vibra com a possibilidade de geração de emprego e renda no Estado.
Segundo a parlamentar, a UFRA vai capacitar a população do Amapá para exercer atividades envolvendo produtos amazônicos, como o açaí, cupuaçu, camarão e peixe, além de estimular a agricultura familiar. “A chegada da universidade vai gerar empregos para a nossa gente desde já, pois precisaremos das pessoas do Estado para compor a equipe, que vai desde o setor de limpeza e segurança até os docentes”, vibra.
A proposta é contratar centenas de professores do Estado para execução do projeto. Com os cursos profissionalizantes, diz ela, “teremos empreendedores preparados para produzir melhor, prover o próprio sustento e, com o crescimento desses novos negócios, mais empregos. Todos sairão ganhando!”, comemora a deputada.
A proposta é verticalizar as vendas e potencializar o agronegócio. As riquezas naturais do Estado, como a farinha de mandioca, semente de maracujá, castanha do Pará, mel, cupuaçu, abacaxi, pimenta-do-reino e polpa de fruta, são muitas. É grande o potencial de exportação. A produção do Amapá abrange, inclusive, a produção de matérias primas para o setor de cosméticos.
Também serão ministrados cursos profissionalizantes para o setor de movelaria, fabricação de joias regionais, aplicação de placas de energia solar entre outros. “Temos muita gente boa aqui no Amapá nos mais variados segmentos de produção e serviços. Os amapaenses serão preparados para serem donos dos próprios negócios, milhares de famílias serão positivamente impactadas e os recursos naturais do Estado serão explorados com mais responsabilidade”, conclui a parlamentar.