Deputado Igor Timo luta pelos direitos das vítimas atingidas por barragens

O deputado Igor Timo (Podemos/MG) é o sub-relator da pasta de segurança e justiça da CPI de Brumadinho, que foi instalada na Câmara dos Deputados no dia 23 de abril.

O rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão em Brumadinho (MG) já é a segunda, em pouco mais de três anos, que marca o Brasil e o estado de Minas Gerais com mais de 250 vítimas e 34 desaparecidos. Para Igor Timo, o papel da CPI de Brumadinho é essencial para combater a impunidade e evitar que novos rompimentos aconteçam.

“Nós, que estamos fazendo parte desta CPI, precisamos assumir a responsabilidade de trazer para o povo mineiro a garantia de que isso não irá se repetir. Precisamos atuar de forma célere — isso é extremamente importante —, porque já há rumores de que 30 barragens do nosso Estado se encontram em estado crítico. Não podemos esperar que mais um mar de lama corra sobre os vales de Minas Gerais”, enfatiza o deputado Igor Timo.

DEPOIMENTOS DOS ENVOLVIDOS

Sub-relator de segurança e justiça da CPI de Brumadinho, Igor apresentou 19 requerimentos para depoimentos de autoridades envolvidas com o rompimento da barragem. Entre os requerimentos aprovados estão os do ex-presidente da Vale Fábio Schvartsman e do atual presidente Eduardo Bartolomeo. O parlamentar também é coautor em nove projetos de leis que visam aumentar a segurança das barragens no Brasil.

REALIDADE DE BARÃO DE COCAIS (MG)

O trabalho do deputado Igor Timo em defesa dos direitos das famílias que moram em regiões de barragens vai além da atuação direta na CPI de Brumadinho. No último mês, ele esteve em Barão de Cocais (MG), cidade mineira que sofre com a ameaça de rompimento da barragem da mina Gongo Soco. O deputado relata preocupação com as famílias que vivem em Barão do Cocais e denuncia, mais uma vez, a insensibilidade e o desrespeito da Vale. Segundo Igor Timo, as pessoas foram tiradas de casa e levadas para um abrigo, e permanecem em um regime semelhante a um cárcere privado.

GARANTIA DE DIREITOS

O deputado Igor Timo reforça o compromisso com as vítimas e famílias atingidas pelo rompimento das barragens e assegura que providências estão sendo tomadas. “Chega! Já tivemos Mariana, tivemos Brumadinho e agora estamos na iminência de ter em Barão de Cocais. Não vamos nos furtar da nossa responsabilidade. As mineradoras não vão mais colocar o lucro acima do bem maior que é a vida. Assumo o compromisso: os responsáveis irão pagar por isso”, afirma o parlamentar.