Deputado Roberto de Lucena Debate Direitos dos Idosos na Itália

O deputado Roberto de Lucena (Podemos/SP) foi um dos palestrantes do Seminário “Desafios na Promoção dos Direitos e da Saúde das Pessoas Idosas” realizado este mês em Roma, na Itália. Lucena, que foi o primeiro presidente da Comissão do Idoso na Câmara, debateu com especialistas o envelhecimento ativo e saudável da população, sob a perspectiva de Brasil e Itália.

A convite do Consulado Brasileiro, o deputado fez um panorama dos idosos no Brasil e de todas as políticas voltadas a essa população. “É preciso ser valente, ter coragem e ousadia para viver a experiência do envelhecimento. Essa é uma nova realidade global e uma novidade para o Brasil, que há cerca de três décadas era um dos países mais jovens do mundo”, afirmou.

PARLASUL

Roberto de Lucena foi também empossado como membro da representação brasileira no Parlamento do Mercosul (ParlaSul), em sessão plenária realizada em Montevidéu. O parlamentar se tornou o representante do PODEMOS no órgão, que é formado por congressistas do Brasil, Paraguai, Uruguai, Argentina e Venezuela.

INOVAÇÃO E TRANSPARÊNCIA

Secretário de Transparência da Câmara, Lucena, participou no dia 13 de junho do Seminário Inovação e Transparência: Desafios para construção de um parlamento aberto em perspectiva comparada. A Casa recebeu especialistas que discutiram a experiência dos Parlamentos do Brasil e da União Europeia na área da transparência e inovação.

Hoje temos o status de estarmos entre os parlamentos mais transparentes do mundo, o que nos orgulha. Mas queremos aperfeiçoar tudo o que já temos. O seminário, com suas reflexões, contribui com essa agenda”, destacou o Secretário.

Maria Luisa Benitez, representante da delegação da União Europeia, e Raquel de Vicente, da área coordenação legislativa, comentaram os desafios enfrentados nos países europeus.  As mídias digitais e sua dinâmica na interação e transparência também foram tema de um painel. “É importante envolver o cidadão e educá-lo para o uso racional e responsável das mídias sociais”, pontuou o deputado Lucena.