Dia Nacional dos Surdos é destacado no Plenário pelo senador Romário

No Plenário, na sessão desta quarta-feira (25/9), o senador Romário, do Podemos do Rio de Janeiro, destacou a comemoração do Dia Nacional dos Surdos, que acontece anualmente no dia 26 de setembro. Para o senador, esta é uma data que deveria ser lembrada por todos os senadores que, segundo ele, têm o dever de jogar luz sobre a questão da pessoa com deficiência no país.

O senador Romário, em seu pronunciamento, reconheceu que nos últimos anos, conquistas importantes foram alcançadas, como o reconhecimento da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) e a Lei Brasileira de Inclusão das Pessoas com Deficiência. Para Romário, esses foram os marcos legais que possibilitaram uma série de garantias e melhorias para a vida de milhões de brasileiros, mas defendeu outras iniciativas que ampliem a acessibilidade e respeito a essas pessoas.

“Em nosso contexto, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS), a qual tenho orgulho de presidir, é a única desta Casa que em toda sessão há uma intérprete de Libras, integrando os milhões de deficientes auditivos de todo o país em seus debates e discussões, alguns inclusive sobre o próprio tema. Queremos e lutamos para que seja realidade não apenas em todo este Parlamento, mas também estabelecida em nossa sociedade”, pediu o senador.

Romário ainda destacou a emocionante história de Silvia Grecco, mãe do torcedor palmeirense Nickollas que narra as partidas para o filho deficiente visual. A iniciativa ganhou o prêmio Fifa Fan Award, honraria dedicada aos torcedores e fãs de futebol durante a cerimônia Fifa The Best, em Milão.

“Em seu filho estavam representados todos os brasileiros e brasileiras que, apesar de não ouvirem os sons da torcida ou de ver as cores da camisa, têm o direito de sentir a emoção inesquecível, sobretudo para uma criança, e vibrar com o gol do seu time”, disse o senador Romário.

(Com informações da Agência Senado)

Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado