Frente Parlamentar Mista da Liberdade Religiosa, Refugiados e Ajuda Humanitária será lançada nesta quarta

A Frente Parlamentar Mista da Liberdade Religiosa, Refugiados e Ajuda Humanitária será lançada nesta quarta-feira (8), em evento no Salão Nobre da Câmara dos Deputados às 18 horas. O objetivo da Frente é estimular a formulação de políticas públicas de proteção e apoio à liberdade religiosa e aos refugiados e prestar ajuda humanitária às pessoas e comunidades em situação de vulnerabilidade.

A entidade que tem como signatários 210 deputados e 8 senadores, voltará seu olhar em especial para casos de perseguição religiosa no Brasil e no plano internacional. Ela conta com representantes de diversas correntes, diferentes religiões e representantes da sociedade civil como a Associação Nacional de Juristas Evangélicos (ANAJURE), reconhecida por seu trabalho em defesa das liberdades civis fundamentais.

Autor do pedido de criação e presidente da frente parlamentar, o deputado Roberto de Lucena (PODE-SP), destaca que a intolerância religiosa tem crescido em todo o mundo.

“O trabalho da frente será importante em um momento em que predomina o ódio à diversidade, à pluralidade e à religiosidade. Temos, em várias partes do mundo, centenas de milhares de pessoas sendo perseguidas e mortas por causa de sua fé”, explicou o deputado Lucena.

Comunidades em situação de guerra, calamidades e emergência de toda natureza receberão apoio do grupo, que também atuará na proteção aos direitos humanos dos refugiados. Segundo dados do Ministério da Justiça, são atualmente cerca de 7 mil refugiados residentes no País. A frente também fará um intercâmbio com os Parlamentos de outros países para discutir a questão.