Futebol Social no Brasil será discutido na Câmara, a pedido de Ezequiel Teixeira

Com o objetivo de difundir e fortalecer o Futebol Social em todo o país, o presidente da Comissão do Esporte (Cespo), Ezequiel Teixeira (Podemos-RJ), quer discutir o assunto na Câmara dos Deputados. Esse importante movimento atua em periferias, favelas, comunidades ribeirinhas e quilombolas, entre outros grupos e regiões considerados socialmente excluídos, para conectar jovens em situação de vulnerabilidade.
“Temos que promover debates com a sociedade e o poder público para encontrar ferramentas de políticas públicas que incentivem o esporte como forma de inclusão social. Esses jovens que vivem em situação precária buscam no Futebol Social uma forma de serem incluídos e valorizados na sociedade”, observa Ezequiel Teixeira.
Segundo o parlamentar, o Futebol Social busca proporcionar experiências únicas a jovens que têm no esporte a chance de conhecer outras realidades e viver momentos de lazer e entretenimento para vencer a luta contra a pobreza e a violência cotidiana. “Sabemos que o esporte tem o poder transformador para a diminuição da desigualdade social e valorização do ser humano”, frisa.
O presidente da Comissão do Esporte destaca um dos resultados do projeto Futebol Social na formação das seleções brasileiras masculina e feminina que participam do Campeonato Mundial de Futebol Social (Homeless World Cup) e outros eventos internacionais. “É extremamente importante abrir espaços para projetos como esse, que realçam não apenas o aspecto esportivo, mas também o lado social,” finaliza Teixeira.