Igor Timo cobra votação de projetos que endurecem as leis para os casos de corrupção

O deputado federal Igor Timo (MG) cobrou do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a inclusão de dois projetos de lei que endurecem a legislação para casos de corrupção. O parlamentar, que é autor das propostas, fez o pedido na sessão virtual do plenário nesta quarta-feira (20).

“Acredito que esse seja o momento desse Parlamento trazer maior rigor e punição a esse ‘câncer’ que é a corrupção, que assola a população brasileira”, defendeu.

O primeiro projeto torna imprescritíveis os crimes que resultem em prejuízo ao erário, como os desvios de recursos públicos. Diante das flexibilizações propostas para isentar da culpa gestores sob uso indevido de verbas, Igor Timo afirma que a aprovação da medida será um importante instrumento no combate à corrupção durante a pandemia do coronavírus.

“A aprovação desta pauta é fundamental ao país, que há muito tempo sofre com corruptos, ‘sanguessugas’, que tiram proveito do poder para saquear os cofres públicos. A corrupção precisa ser punida como crime hediondo”, advertiu Igor Timo.

O parlamentar também defendeu a aprovação do projeto de lei que aumenta de oito para 20 anos o prazo de inelegibilidade dos condenados em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, por crime contra o patrimônio público.

“A maioria dos condenados por esses crimes retornam à política como se nunca tivessem cometido nenhum mal à população. Isso precisa acabar, o país e o povo brasileiro merecem representantes que prezem pela ética, pela moral e que não veem a política como um negócio rentável para o enriquecimento ilícito”, finalizou o parlamentar.