José Nelto busca apoio de líderes para derrubar veto de Bolsonaro à franquia de bagagens

Líder do Podemos, o deputado federal José Nelto defende que o Congresso derrube o veto presidencial que proibiu a franquia de bagagens em voos no país. Para isso, o parlamentar busca apoio de deputados da base do governo e da oposição para restabelecer a gratuidade do despacho de malas.

“É uma falácia dizer que a passagem ficou mais barata no Brasil após a cobrança de bagagens. O preço não caiu um centavo. Então, não há motivos para que essa regra seja mantida”, diz Nelto.

Pesquisa do IBGE apontou que as passagens ficaram 35% mais caras, entre maio de 2018 e abril de 2019. Já a Anac diz que o custo médio da passagem ficou 1% mais cara entre 2017 e 2018.

“Independente da pesquisa que se faça no Brasil, o fato é que o preço aumentou. O argumento da Anac, de que o consumidor seria beneficiado, não se sustentou na prática. O que vimos foi as empresas fazendo caixa em cima da população. Está evidente que essa foi mais mentira que inventaram para meter a mão no bolso do povo brasileiro”, contesta.

Em 2018, as companhias aéreas brasileiras arrecadaram R$ 1,02 bilhão com a cobrança de bagagem e marcação de assentos. A MP do setor aéreo, que acabou com a cobrança de bagagens em voos nacionais, foi aprovada pelo Congresso, em maio, mas a medida foi vetada pelo presidente Jair Bolsonaro.

O veto presidencial está na pauta da sessão do Congresso Nacional, marcada para hoje (28).

 

Se você apoia a iniciativa do Podemos baixe o aplicativo do partido e vote na nossa enquete sobre o tema. Basta acessar a página: https://bit.ly/2Z7T9fw

Juntos Podemos.