Lasier Martins defende a manutenção do COAF no Ministério da Justiça

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) — responsável pela prevenção e combate à lavagem de dinheiro e fraudes financeiras — deve permanecer sob responsabilidade do Ministério da Justiça. Foi o que defendeu o senador Lasier Martins nesta terça-feira (28), em pronunciamento na sessão plenária. Para Lasier, o Senado deve derrubar a decisão da Câmara de transferir o conselho ao Ministério da Economia.

“O Podemos, que tem oito senadores, votará fechado hoje pela manutenção do Coaf no Ministério da Justiça, em sintonia, em correspondência, a uma vontade nacional que foi manifestada por multidões nas ruas anteontem [domingo]. E é nesse sentido que nós esperamos que também a Câmara dos Deputados entenda, revise a sua decisão, volte atrás e concorde com essa manutenção do Coaf”, disse o senador do Podemos gaúcho.

Lasier Martins defendeu ainda a aprovação da Medida Provisória (MPV) 870/2019 que estabelece alterações na organização dos órgãos do Executivo federal, como a redução dos ministérios e a troca de atribuições entre eles.

(com informações da Agência Senado)

foto: Luiz Wolff