Léo Moraes renuncia aposentadoria especial para deputados

Mais um parlamentar do Podemos renuncia aposentadoria especial para deputados.

Dessa vez, quem abriu mão do benefício foi o deputado federal Léo Moraes. Ele confirmou que, assim como a maioria dos brasileiros, irá se aposentar pelo regime geral de Previdência.

“Cada vez mais é evidente que o cidadão quer seu representante tenha postura, posicionamento em detrimento de privilégios, de conforto e de mordomia. Nós passamos por um momento muito difícil no país”, ressalta Léo Moraes, que no início da legislatura também recusou o auxílio-mudança oferecido pela Câmara dos Deputados.

Na semana passada, o líder do Podemos na Câmara, José Nelto (GO), também já havia renunciado à aposentadoria especial para deputados.

A aposentadoria especial e o auxílio-mudança são direitos garantidos aos 513 parlamentares que atuam na Câmara Federal. Para abrir mão, os deputados precisam, voluntariamente, fazer essa solicitação.
“Acredito que é uma contribuição e também um aceno, uma sinalização de que estamos em novos dias, em outros tempos e que o parlamentar tem que estar à altura da esperança do povo brasileiro”, aponta Léo Moraes.