NOTA OFICIAL

O líder do Podemos na Câmara, deputado federal José Nelto (GO), repudia com veemência as recentes declarações do Ministro da Economia, Paulo Guedes, contra a honra individual e coletiva dos servidores públicos do Brasil. Na opinião no nosso Partido, o Podemos, os servidores públicos brasileiros não são parasitas. Ao contrário, são valorosos, qualificados e – apesar das péssimas condições de trabalho que lhes são oferecidos – prestam um serviço fundamental para a nossa população.

Ao chamar os funcionários públicos de parasitas, o Ministro Paulo Guedes deu a entender que é contra a existência de um Estado fornido de um corpo burocrático apartidário, especializado e profissional para entregar serviços variados para o povo.

Seriam parasitas os médicos e enfermeiros que atuam no SUS e realizam ano após ano, dezenas de milhões de atendimentos? Seriam parasitas os agentes de segurança, que bravamente arriscam suas vidas para garantir o cumprimento da lei e a proteção dos cidadãos brasileiros? E os professores e professoras de nosso país, que se veem em escolas sucateadas e sob constante ataque de pessoas do próprio Governo Federal. Seriam eles parasitas?

No entender do líder do Podemos, os servidores públicos são valorosos colaboradores do estado no atingimento de seu dever primordial: garantir qualidade de vida para a população. Se distorções existem, cabe à sociedade identificá-las e promover os ajustes necessários, como aquele promovido na questão previdenciária.

Ministro Paulo Guedes, respeite os funcionários públicos!!

Respeite aqueles abnegados e abnegadas que diariamente lutam e se esforçam para superar os cortes orçamentários, a falta de equipamentos, a escassez de material, a desorganização do estado e o patrimonialismo. São os funcionários públicos que garantem a continuidade dos serviços enquanto políticos corruptos procuram aparelhar, empregar parentes e amigos ou deliberadamente promover algum ato criminoso.

Os servidores públicos do Brasil merecem respeito!

 

Brasília, 7 de fevereiro de 2020.

Dep. JOSÉ NELTO

Líder do Podemos