Parlamentares do Podemos criticam resultado do PIB 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou na quarta-feira, 04, que o Produto Interno Bruto, PIB, cresceu 1,1% em 2019, registrando a menor alta em três anos.
O fraco desempenho do PIB gerou críticas de parlamentares do Podemos como o deputado federal José Nelto (GO) que por meio das redes sociais, critica a atuação do ministro da Economia, Paulo Guedes.

“Não adianta o ministro Paulo Guedes dizer que a economia brasileira está crescendo se o cidadão não consegue pagar sua gasolina e fazer suas compras no supermercado. O resultado do PIB preocupa. A confiança no ministro Paulo Guedes está chegando ao fim”, alerta o parlamentar.

Já na opinião do deputado federal Bacelar (BA) as crises geradas pelo governo Bolsonaro podem ter provocado o baixo interesse de investidores no país, o que compromete a geração de riquezas no país.

“A economia ainda está no patamar de 2014. Este PIB é o menor dos últimos anos. Menor até do que no governo de Michel Temer”, comparou.

Bacelar destaca que Jair Bolsonaro, quando assumiu a presidência, fez pressão para que o Congresso Nacional aprovasse reformas com o intuito de gerar renda, aumentar empregos e o cenário hoje é classificado pelo parlamentar como abaixo das expectativas.

“O que ainda segurou a economia foi o consumo das famílias que, ainda está baixo do esperado. O desemprego aumentou, enquanto a informalidade no mercado de trabalho cresceu. A expectativa era de um período de recuperação econômica, mas os resultados estão decepcionantes. Isso me preocupa muito”.

Em 2019, o PIB registrou o valor de R$ 7,3 trilhões, sendo este montante classificado como menor desempenho em três anos.