Parlamentares do Podemos defendem a investigação de todos os entes federativos na CPI da Covid

Diante dos escândalos de desvios de verbas públicas, falta de insumos e o aumento no número de mortos por conta do coronavírus, parlamentares do Podemos cobram a instalação da CPI da Covid para investigação da União, estados e municípios.

O senador Styvenson Valentim (RN), que é vice-presidente da comissão temporária criada para acompanhar as ações contra a covid-19 no Senado, defende que todos os entes federativos sejam investigados e que a sociedade pode ajudar cobrando para que isso ocorra.

“Passou da hora de apertar o cerco contra os criminosos que desviam verbas destinadas para o combate do vírus, que já matou 270 mil brasileiros, 2,2 mil apenas nas últimas 24 horas. É preciso um esforço conjunto entre parlamentares e a sociedade para que os desvios de recursos públicos sejam devidamente punidos. Vamos apurar e apontar responsabilidades”, argumenta o senador.

Como vice-presidente do colegiado, o senador recebeu duas atribuições: a primeira o torna responsável pelas tratativas com o Ministério das Relações Exteriores e junto ao senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), terá que realizar estudo sobre abastecimento de oxigênio em todo território nacional, para evitar a falta do insumo e casos de colapso.

O senador Eduardo Girão (CE), autor do requerimento que inclui estados e municípios na CPI da Covid, trabalha na ampliação da CPI da Covid e lembra que é preciso que mais senadores apoiem a iniciativa.

“Vamos incluir Estados e Municípios, porque a verdade não pode ser apenas de uma faceta, a verdade tem de ser integral. CPI tem de ser para União, Estados e Municípios. A gente não pode fazer algo, com todo o respeito a quem pensa diferente, que possa dar margem para palanque político. O momento não é esse no Brasil. O momento é de união, o momento é de serenidade. Isso não é ser responsável com o Brasil”, explica o parlamentar.

O senador informa que o documento recebeu 13 assinaturas e a população pode pedir apoio a outros senadores.

“Temos até o momento, 13 assinaturas e são necessárias pelo menos 27 para a instalação. Contamos com a sua mobilização pressionando os senadores pela CPI da Covid para todos os entes da Federação”, alerta Eduardo Girão.

Para o deputado federal José Nelto (GO) é preciso que todos sejam investigados.

“Corrupção seja onde for o cerco tem que ser apertado. Não há hora nenhuma e nem um segundo sequer complacência com corruptos. E agora, ainda mais nesse momento da pandemia. Gente furtando dinheiro da saúde, falta de medicamentos, não aplicação para compra de leitos de UTI na rede pública e negligência do governo na compra de vacinas. Tudo isso terá que ser apurado na CPI. Essa CPI vem numa boa hora. A sociedade quer ver é tudo limpo. A sociedade não aceita mais jogar a sujeira para debaixo do tapete. Então, CPI já e vacina já são as palavras de ordem para o Brasil”, manifesta Nelto.

De acordo com dados da Controladoria Geral da União (CGU), a estimativa é de que cerca de R$ 125,9 milhões de verbas tenham sido desviadas e desse montante R$ 39,1 milhões já foram confirmados como prejuízo aos cofres públicos. Desde o início da Pandemia, a CGU atua em conjunto com a Polícia Federal  e Ministérios Públicos em mais de 50 operações em todo o país.