Podemos realiza hoje ato em defesa da Lava Jato

O Podemos, representado por suas bancadas na Câmara dos Deputados e no Senado, em conjunto com a Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção, realiza ato em defesa da Operação Lava Jato, que completou cinco anos nesta semana. A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, foi convidada para o evento, que ocorrerá no Salão Verde da Câmara dos Deputados, hoje (20), às 16h.

Na avaliação dos líderes do Podemos, a Operação Lava Jato tem sido alvo, nos últimos dias, de uma crescente ofensiva articulada por diversos setores. O ato tem como objetivo respaldar o trabalho dos procuradores e chamar a atenção da sociedade para impedir retrocessos no combate à corrupção. Durante o ato, o Podemos e a Frente Parlamentar Mista de
Combate à Corrupção vão divulgar um manifesto em defesa da Lava Jato e do combate à corrupção.

“Os críticos da Lava Jato dizem que a Operação está indo ‘longe demais’. O que nós do Podemos queremos é que ela continue investigando e indo a fundo no combate à corrupção”, enfatizou a deputada federal Renata Abreu (SP), presidente nacional do Podemos.

Na semana passada, após o STF mandar para a Justiça Eleitoral os casos de corrupção, lavagem de dinheiro e caixa 2, o Podemos reagiu imediatamente e apresentou projeto de lei restabelecendo a competência da Justiça Federal e da Justiça Estadual para julgar e processar esses crimes. No entendimento do partido, a Justiça Eleitoral “não está vocacionada para processar e julgar tipos penais distintos daqueles diretamente relacionados com o processo eleitoral”.

Agora, o Podemos busca apoio de outras bancadas na Câmara para obter urgência para votar o projeto. De acordo com os procuradores da Operação Lava Jato, com a decisão do STF, cerca de 160 condenações poderão ser anuladas.

Texto: Assessoria de Imprensa do Podemos