Projeto apadrinhado por Malheiros doa R$ 4.700 à Casa da Criança

Representantes do projeto Anjos de Deus, Daniel Braga e Maik Menegossi, ao lado do padrinho dessa organização, o médico e deputado federal Dr. Sinval Malheiros (Podemos–SP), entregaram dia 11 cheque no valor de R$ 4.700 aos responsáveis pela Casa de Apoio à Criança, em Catanduva (SP).

O montante foi arrecadado em almoço beneficente, realizado na chácara Baiana Grill. A atividade foi organizada pelos voluntários do projeto ‘Anjos de Deus’ e contou com o apoio do deputado Malheiros. Neste ano, o deputado também doou, em parceria com os Laboratório Merck, medicamentos para o Casa de Apoio à Criança.

“O almoço foi um grande sucesso e quero agradecer também a generosidade das duplas Allan & Renan, Tomaz Henrique & Rafael e Luiz Henrique & Erick, que apoiaram a iniciativa, de forma graciosa, contribuindo muito para o êxito”, afirmou o parlamentar, que pretende desenvolver mais atividades em favor de outras entidades filantrópicas.

O deputado federal também agradeceu voluntários do ‘Anjos de Deus’ que contribuíram com a organização do almoço beneficente: Imara Betioli, Agnaldo Betioli, Herbert Betioli e Alzira de Souza. Vários representantes da imprensa catanduvense também estiveram presentes, contribuindo com a divulgação da atividade.

Durante o almoço, um leilão possibilitou a arrecadação dos recursos doados à entidade, coordenada por Regina Célia da Silva Flor. A Casa de Apoio é uma entidade sem fins lucrativas, que vive da generosidade da sociedade catanduvense, e abriga 20 crianças, de zero a 12 anos. São crianças recolhidas de suas famílias por maus tratos, abandono ou violência sexual.

Dr. Sinval Malheiros é padrinho do ‘Anjos de Deus’ e essa parceria já possibilitou várias ações beneficentes, sempre voltadas àqueles que mais necessitam. Destaque para os mutirões de Saúde que acontecem semanalmente em todo o interior de São Paulo. Milhares de atendimentos e cirurgias de pequena e média complexidades já foram realizadas pelo médico e deputado federal, amenizando a dor de quem sofria com as mais diversas enfermidades.