Romário garante realização de evento oficial para celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down

Os senadores da Comissão de Assuntos Sociais aprovaram, na reunião realizada na manhã desta quarta-feira (20/02), requerimento do presidente do colegiado, senador Romário, para que seja promovido evento, no período de 18 a 22 de março, com objetivo de celebrar o Dia Internacional da Síndrome de Down. De acordo com o requerimento, o ponto alto da homenagem ocorreria no dia 21 de março, data dedicada anualmente à conscientização sobre a síndrome.

“O Brasil hoje aceita e respeita mais quem tem Síndrome de Down do que há 13 anos, quando minha filha nasceu com a síndrome. E cabe a nós continuar fazendo avançar esse esforço para que essas pessoas participem do nosso dia a dia. Vamos dar a essas pessoas a oportunidade de mostrar para o Brasil o que elas podem fazer”, disse Romário, ao defender a realização da programação especial.

No requerimento, o senador do Podemos do Rio de Janeiro explica que sua intenção é não só comemorar a data, mas também combater o preconceito e sensibilizar o público quanto às potencialidades das pessoas com Síndrome de Down.

“Oficialmente estabelecida em 2006, essa data tem por finalidade dar visibilidade ao tema, reduzindo a origem do preconceito, que é a falta de informação correta. Em outras palavras, combater o ‘mito’ que teima em transformar uma diferença num rótulo, numa sociedade cada vez mais sem tempo, sensibilidade ou paciência para o ‘diferente’”, destaca Romário.

Pessoas com deficiência

Ainda na reunião desta quarta-feira, o senador Romário anunciou a reativação da Subcomissão Permanente de Assuntos Sociais das Pessoas com Deficiência, que funcionará no âmbito da Comissão de Assuntos Sociais. A subcomissão, que já havia funcionado em outras ocasiões, deverá ter cinco membros titulares e igual número de suplentes. Durante a reunião, vários senadores manifestaram desejo de participar, mas os nomes não foram escolhidos ainda.

A subcomissão foi instalada para debater desafios e questões nacionais de interesse das pessoas com deficiência para aperfeiçoar a legislação que protege esse grupo. A proposta de reativar a comissão foi apresentada pelo senador Flávio Arns (Rede-PR).