São Luís é a capital com maior índice de vacinação contra Covid; Prefeito Eduardo Braide, do Podemos, garante que 100% da população adulta será vacinada até julho

São Luís é destaque nacional ao ser a capital mais adiantada em relação à vacinação contra a Covid-19. A cidade, administrada pelo prefeito Eduardo Braide, do Podemos, está sendo chamada de “capital brasileira da vacina”.

Braide comemora os resultados da campanha e garante que o sucesso é fruto o planejamento e trabalho de toda equipe envolvida

“Começamos a semana com São Luís sendo destaque na imprensa nacional por causa da campanha de vacinação contra Covid-19. Nós já estamos com 78% da nossa população adulta vacinada com a primeira dose. Nosso lema desde o início da campanha tem sido: basta ter vacina que vai parar no braço. Começamos a trabalhar no nosso Plano Municipal de Vacinação ainda no ano passado para garantir que assim que as vacinas ficassem disponíveis fossem aplicadas de forma rápida e organizada. Vamos seguir com todas as estratégias adotadas até aqui para que possamos vacinar a nossa população com as duas doses da vacina e superarmos essa crise sanitária”, destaca o prefeito.

Nesta semana, pessoas com idade a partir de 18 e 19 anos começaram a ser imunizadas. Neste ritmo, São Luís será a primeira capital do país a garantir a imunização de toda população adulta.

Eduardo Braide acompanha de perto a aplicação das doses e o atendimento aos moradores locais.

“A principal estratégia foi montar centros municipais de vacinação em diversas regiões da cidade e com grande capacidade de atendimento. Com isso, foi possível descentralizar o atendimento, facilitar o acesso da população à vacina e atender um grande número de pessoas de forma rápida, organizada e segura. Em um único dia, São Luís chegou a vacinar mais de 22 mil pessoas”, comemora Eduardo Braide.

De acordo com informações da gestão municipal, em São Luís, foram montados 9 pontos de vacinação exclusivas contra a Covid-19. Com isso, foi possível dar celeridade à imunização sem comprometer os demais serviços de saúde do município.

Eduardo Braide lembra que a confirmação da variante indiana em tripulantes de um navio fundeado no litoral de São Luís, no último mês, foi o sinal de alerta para que fosse pedido ao Ministério da Saúde o envio de doses extras para vacinação em massa contra o coronavírus na capital. O prefeito pretende também imunizar pessoas com idade dos 12 aos 17 anos.

“Nossa meta é vacinar com a primeira dose 100% de nossa população adulta até o início do próximo mês. Além disso, já estamos fazendo o planejamento para vacinar os adolescentes de 12 a 17 anos. A Anvisa já liberou o uso da vacina da Pfizer para este público, mas ainda é preciso o Ministério da Saúde incluir esta faixa etária no Plano Nacional de Imunização e disponibilizar as doses de vacina necessárias. Assim que isto ocorrer, vamos vacinar todos com a mesma rapidez com que temos atendido desde o início da campanha”, garante Eduardo Braide.

Em São Luís, a campanha de imunização teve início em janeiro, e 600 mil pessoas receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Dessas mais de 114 mil já foram vacinadas com a segunda dose.