Sessão solene na Câmara dos Deputados homenageou os 70 anos da proclamação do estado de Israel

Por requerimento do Deputado Federal, Roberto de Lucena (SP), a Câmara dos Deputados realizou, nesta quinta-feira, 17, sessão solene em “Homenagem aos 70 anos do Renascimento e Proclamação do Estado de Israel”. A Sessão Solene teve o objetivo de afirmar os laços históricos que unem as duas nações, facilitar a aproximação entre os dois países, quebrando os preconceitos, e buscando desenvolver a troca de informações.
Em seu discurso, Lucena anunciou que encaminhou documento ao Presidente da República, Michel Temer, solicitando que o Brasil transfira a Embaixada em Israel para Jerusalém, a exemplo do EUA, Guatemala, Paraguai e Honduras.
Proponente da homenagem, Roberto de Lucena destacou que “hoje a Câmara dos Deputados, em nome do povo brasileiro, tem o elevado privilégio de celebrar, nessa Sessão Solene, o Estado de Israel – a tocha solitária da liberdade no Oriente Médio, que vive e prospera por causa do amor de Deus”, disse.
Na ocasião, Lucena lembrou a importância do brasileiro Dr. Osvaldo Aranha, advogado político e diplomata que presidiu à Assembleia Geral da ONU em 1947 que resultou na criação do Estado de Israel.
O deputado saudou ainda a presença do Embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley. “Saúdo e agradeço a presença do Embaixador de Israel, que tem da melhor maneira representado Israel no nosso país e através do seu trabalho e do seu esforço tem conseguido levar a mensagem de Israel e aproximar ainda mais o povo brasileiro e o parlamento do Estado e do povo de Israel”, afirmou.
O alto índice de desenvolvimento e igualdade social de Israel também foi destacado por Lucena. “Diante do legado ao mundo de cérebros e feitos notáveis, não há dúvida de que Israel é um projeto que deu certo, não obstante as dificuldades geradas por um ambiente geopolítico de disputas incontáveis”, destacou.
Estiveram presentes na sessão o Embaixador de Israel no Brasil, Yóssi Shérlley, o representante da organização Sinagoga Sem Fronteiras, Rabino Gilberto Ventura, o Apóstolo Paulo de Tarso da Rede Apostólica, diversos pastores representantes de igrejas e autoridades parlamentares.
A homenagem contou com a participação da Banda de Musica do Exercito e coral do Centro de Ensino Fundamental 11 da cidade satélite do Gama/DF, além da cantora israelense Várda Usíglio.