Styvenson quer obrigatoriedade na identificação dos projéteis de armas de fogo

O senador Styvenson Valentim apresentou no Plenário, na sessão desta quinta-feira (09/05), projeto de sua autoria que cria a obrigatoriedade de identificação de projetil de arma de fogo por meio do lote. Segundo o senador do Podemos do Rio Grande do Norte, a matéria evitará o comércio paralelo, perdas e furtos de projéteis, principalmente, no atual cenário, em que a posse e o porte de armas foram ampliados a diversas categorias da sociedade, com a publicação do Decreto 9.785/2019.

“Entre os casos de resolução de crimes, de homicídios violentos causados por arma de fogo, pelo menos 6% não são solucionados porque não se sabe quem atirou. Só sabem que a bala acertou, que perfurou, mas ninguém sabe quem foi o autor, qual foi a arma. Quando se descobre quem foi o autor, falta o elemento, o indício para provar se foi daquela arma que saiu aquela munição”, explicou Styvenson.

O senador do Podemos disse ser a favor do decreto, mas mostrou-se reticente com algumas falhas, como a inexistência da obrigatoriedade do teste toxicológico para a licença. Para Styvenson Valentim, é preocupante que dependentes químicos tenham a possibilidade de terem acesso a armas de fogo. Por isso, ele afirmou que outro projeto de lei de sua autoria será apresentado nesse sentido.

(com informações da Agência Senado)